WeCreativez WhatsApp Support
Nosso time comercial está pronto para você, qual a sua dúvida?
Olá, como podemos ajudar?
Sulfibra Logo

(48)

3286.9911

(48)

9 9131.1800

(48)

9 9991.2612

6 aplicações de desmoldante industrial

O desmoldante industrial é um produto bastante comum no mercado e, como o nome sugere, em aplicações onde um molde é necessário. Trata-se de um solução essencial para a melhor conformidade das peças moldadas, conquistando não apenas as medidas corretas, mas conservando suas propriedades químicas e mecânicas, assim como o molde como um todo. No seu negócio, especialmente se for uma empresa metalúrgica, é utilizado o desmoldante industrial correto?

O uso de produtos adequados é uma tecla que você, leitor de longa data, nos vê batendo de forma constante. Sabe-se que o dia a dia industrial é frenético: com aumentos na demanda, a rotina produtiva precisa ser acelerada.

Em algumas empresas, isso leva a um afrouxamento das diretrizes de segurança e boas práticas com maquinário e equipamentos. Em dias convencionais, isso pode ser catastrófico para seu bolso. No entanto, mesmo em tempos de parada por conta do Coronavírus, a manutenção correta deve sempre ser feita.

No caso do desmoldante industrial, não se trata apenas de um item de manutenção — mas uma parte fundamental de processos envolvem fabricação de peças em moldes.

No artigo de hoje, vamos explorar um pouco mais sobre esse produto e suas aplicações. Afinal, o que é e para que serve um desmoldante industrial? Continue a leitura para aprender!

O que é o desmoldante industrial

O desmoldante industrial é uma solução capaz de evitar que materiais grudem um no outro. Ele é aplicado em moldes e não causa aderência da peça recém-moldada com a superfície do molde, independente do material.

Em geral, seu funcionamento pode ser definido de duas formas:

  • Desmoldante de sacrifício: o produto forma uma película em volta da peça moldada, que gruda como um filme em volta dela ao ser retirada.
  • Desmoldante fixo ou semifixo: o produto é aplicado sobre uma superfície e evita qualquer aderência com a peça moldada.

Em geral, o desmoldante industrial proporciona um tratamento de baixa tensão e baixa porosidade à superfície do molde. Dessa forma, evita que o material grude com o outro e mantém suas propriedades químicas e mecânicas intactas.

Composição e modo de aplicar

Os desmoldantes podem ser constituídos de vários elementos químicos diferentes, compondo diferentes soluções de aplicação. Fluidos de silicone, resinas e solventes são alguns deles.

Por exemplo, é possível encontrar desmoldante industrial em forma de spray, que pode ser aplicada de forma mais dinâmica à superfície. Além disso, existem versões mais líquidas.

Para estas últimas, a aplicação pode ser realizada com auxílio de um material para espalhar a solução, como uma estopa ou pincel.

Aplicações do desmoldante industrial

O desmoldante industrial pode ser encontrado em várias frentes produtivas. Por exemplo, para quem conhece um pouco do mercado culinário, sabe que há desmoldantes próprios para uso em alimentos.

De qualquer forma, o desmoldante industrial cumpre a mesma missão: conservar moldes enquanto garante total integridade das peças moldadas.

Entre as principais aplicações do desmoldante industrial, destacamos seis cuja necessidade do produto é inteiramente relacionada com a qualidade final desejada da peça. Confira!

Extrusão

A extrusão é um processo bastante comum em indústrias metalúrgicas e empresas que desenvolvem materiais como barras e chapas de metal. No entanto, é também aproveitado em empresas de fabricação de plásticos.

A extrusão, como o nome propõe, é um processo produtivo no qual o material é “empurrado” por um molde, para então ser conformado em suas medidas. Geralmente, é realizado com auxílio de uma prensa hidráulica.

Existem algumas variações desse processo, no entanto, o uso do desmoldante industrial é sempre uma obrigação. A baixa viscosidade do produto impede que o metal da peça sofra com o atrito causado pela operação.

Injeção Plástica

Existe uma variedade de variações do processo de Injeção Plástica, como a sopro, a àgua, Multicomponentes, In Mold Label (IML) e a gás. É uma forma de fabricar peças complexas em plástico, sem a necessidade de muita mão-de-obra, além de ser bastante ágil.

Em geral, utiliza de um molde e do material fundido (diferentes tipos de plástico, que dependem da finalidade do produto).

O desmoldante industrial utilizado costuma ser a base de fluidos de silicones, com 35 a 90% de ativos.

Rotomoldagem

A rotomoldagem é um procedimento de fabricação de grandes componentes plásticos (que sejam ocos), como caixas d’água. O material utilizado para isso é um pó, que preenche um molde com rotação ativa e aquecimento.

Assim, ele se solidifica na forma desejada.

Após fundido, o material é resfriado ainda com o molde em movimento, para que suas propriedades sejam conservadas.

Para evitar que o material micronizado grude no molde, o desmoldante industrial é utilizado.

Metalúrgicas e fundições

Para o processo de forjamento em altas temperaturas, o desmoldante industrial também é necessário.

Prensas e moldes de vários tipos são utilizadas, como as de matriz aberta, matriz fechada ou de compressão axial. Quase sempre, recebem o metal líquido para o processo de forjamento da peça.

O desmoldante industrial, nestes casos, reduz consideravelmente o atrito entre os materiais. Dessa forma, reduz o desgaste e elimina a possibilidade do “agarre” da peça à matriz.

Aqui, a viscosidade tem papel importante, pois quanto mais alta, mais espessa a película que forma para proteger ambas as superfícies.

Construção civil

O desmoldante industrial também pode ser encontrado em aplicações específicas de construção civil, como em moldes de concreto e cimento. Um dos principais exemplos é em moldes de bloquetes e blocos de concreto.

Indústria Automobilística

A indústria automobilística é uma das que mais se beneficia dos processos de extrusão e fundição. Por isso, o uso do desmoldante industrial é essencial para que as peças e componentes de automóveis sejam desenvolvidos com a precisão desejada.

Fonte: biolub

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest